Qualificação torna empresas mais competitivas


A propósito de uma visita ao centro de formação da CACIA, unidade do grupo Renault, o primeiro-ministro considerou que a decisão desta multinacional de “manter o emprego e apostar na qualificação dos seus colaboradores foi inteligente e corajosa”.


José Sócrates realçou ainda que Portugal foi o primeiro país da Europa a desenhar um programa de apoio ao sector automóvel. O PASA foi apresentado pelo governo em Dezembro e contempla quatro eixos estratégicos: o estímulo ao emprego e à qualificação, o apoio às insuficiências financeiras, o ajustamento ao perfil industrial e tecnológico do sector e o incentivo selectivo à procura.


O apoio ao sector automóvel, através da medida de qualificação e emprego do PASA, traduz-se na inserção de trabalhadores em acções de formação, nos casos de redução temporária do período de laboração ou suspensão dos contratos, mediante o compromisso das empresas beneficiárias não fazerem despedimentos até 2010.


O período de candidaturas estende-se até 01 de Junho e, de acordo com o último ponto de situação, realizado no dia 11 de Março com as associações do sector, estavam já envolvidos no programa mais de 3.300 trabalhadores, estimando-se que possam vir a ser abrangidos até 10 mil trabalhadores.

]]>