António Costa: “deixa-nos mais um dos Homens a quem devemos a nossa Liberdade”


É com muita tristeza que tomei conhecimento do falecimento do meu camarada Edmundo Pedro.

Resistente desde sempre à ditadura, demonstrou uma coragem extraordinária, participando em múltiplas tentativas de derrube da ditadura, nunca desistindo perante a constante repressão de que foi vítima desde a juventude , quando foi preso ainda menor no Campo de Concentração do Tarrafal .

Em Janeiro de 2016 , em conjunto com João Soares, fiz questão de assinalar o seu nome entre a lista dos prisioneiros no Tarrafal.

Depois do 25 de Abril destacou-se como militante , dirigente e deputado do Partido Socialista , tendo sido elemento fundamental na articulação civil e militar na defesa da Liberdade contra a deriva totalitária no período da revolução.

Durante anos , sofreu em doloroso silêncio acusações que a História veio a confirmar injustas.

Legou-nos por fim várias obras com o testemunho histórico da sua longa luta pela liberdade, antes e depois do 25 de Abril.

Aos 99 anos deixa-nos mais um dos Homens a quem devemos a nossa Liberdade.